height="157"

CooJornal

COLUNISTAS

Bruno Kampel: Hotel RIOTOTAL Inn
Carlos Trigueiro: Prefácio do livro Arrastão de textos - Ficção de verdade(s)
Enéas Athanázio: Conto em xilogravura
Francisco Simões: Vamos às eleições
Luiz Carlos Amorim: Tributo a uma leitora
Milton Ximenes: Passa, tempo...
Pedro Franco: Propaganda e no fim uma de livro


CRÔNICAS DE SEMPRE

Carlos Drumond de Andrade: Casa arrumada
...casa, pra mim, tem que ser casa e não centro cirúrgico, um cenário de novela. Tem gente que gasta muito tempo limpando, esterilizando, ajeitando os móveis, afofando as almofadas…

Livro

O ornitorrinco do pau oco, de Jorge Elias Neto, por José Augusto Carvalho

Mário Quintana, nosso poeta universal do Sul, disse, numa de suas obras, que “a poesia é uma verdade inventada”. Apesar da beleza desse aforismo poético, acredito que o poeta descobre a verdade que o comum dos mortais ignora, para revelá-la em seus poemas. O poeta é aquele que só sabe “transformar sapato em borboleta”, diz Jorge Elias Neto no poema “Régua quebrada” (p. 47). O poema é, portanto, a revelação da verdade descoberta pelo poeta, que não percebemos por não termos, parodiando Newton Braga de Lirismo Perdido, a sensibilidade que fará o poeta sofrer e morrer de dores que não são suas.


Expressão Poética

Jorge Elias Neto
Nosso convidado do mês é o capixaba Jorge Elias Neto, nascido em 1964, médico, pesquisador e poeta. Membro da Academia Espírito-Santense de Letras, onde ocupa a cadeira de número 2.

Música

SÉRIE GRANDES CANTORAS DA MPB (2): GAL COSTA, por Cândido Luiz Fernandes

Em “A Pele do Futuro” Gal Costa soa rejuvenescida, aos 73 anos, embora sua voz não seja mais tão cristalina e nem produza mais aqueles agudos incríveis. Reafirma-se como uma artista plural que transita entre vários tempos, apostando outra vez (três anos após "Estratosférica") numa sonoridade pop, agora com momentos de “disco music”.

Curiosidade

Casa da Mãe Joana
O nome vem desde o século XIV, devido à Joana, rainha de Nápoles.

 


Semana 1.095 - 1º de outubro, 2018